Posted by: kohlerortofacial | March 3, 2011

Questões odontológicas influenciam o zumbido

De acordo com Rita de Cassia Guimarães, otorrinolaringologista, otoneurologista e coordenadora do Grupo de Apoio a Pessoas com Zumbido de Curitiba (GAPZ), o sinal sonoro percebido pelo paciente com zumbido pode se manifestar de diversas formas, como cachoeira, apito, abelha e até mesmo grilo. “Geralmente é originado por alterações da nossa audição, mas possui diversas causas. Danos nas células sensoriais da audição, doenças do labirinto, alterações craniofaciais e ou cervicais, e alterações vasculares ou musculares também são causas frequentes de zumbido. Alterações no colesterol, ruídos intensos e até mesmo o envelhecimento pode causar doenças do labirinto, que por sua vez podem causar zumbido”, destaca.
Segundo o ortodontista e ortopedista facial Gerson Köhler, que também faz parte do GAPZ, no caso de alterações craniofaciais ou cervicais, o paciente pode se queixar de outros sintomas além do zumbido, como dores de cabeça, apertamentos de dentes e bruxismo. “Por este motivo as questões odontológicas também estão intimamente ligadas ao zumbido, já que elas podem ser a causa ou um fator que piora o quadro. Dependendo do caso é possível minimizar o problema, mas não eliminá-lo. O mais importante é dar o primeiro passo e consultar um médico otorrinolaringologista, que após descartar problemas na estrutura interna do ouvido encaminhará o paciente a outras especialidades”, observa.


Responses

  1. […] Köhler explica que respirar pela boca, seja por razões como hipertrofia (aumento de amígdalas ou adenóide) ou alterações na anatomia interna do nariz (desvio septal ou cornetos hipertróficos), gera anomalias anatômicas do rosto e de toda a região dentofacial, que engloba a boca. “Estas alterações acontecem de forma progressiva e podem começar ainda na infância. Elas são denominadas alterações ortopédicas, no caso dos ossos da face, principalmente da maxila e da mandíbula, ou alterações ortodônticas, quando os dentes estão mal posicionados devido a arcadas ósseas mal formadas”, esclarece. […]


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: