Posted by: kohlerortofacial | June 24, 2009

Cefaleia tensional, companheira indesejada no dia-a-dia

sem títuloAs dores de cabeça, infelizmente, são companheiras frequentes de hoje em dia. O ritmo de vida acelerado gera estresse, ansiedade, depressão e tensão constantes, que muitas vezes resultam no incômodo que acaba com o bem-estar, a qualidade de vida e o sossego de qualquer um.
A mais comum é, sem dúvida, a cefaleia tensional, aquela dor parecida com a sensação de aperto, pressão na cabeça, como se fosse feita por uma faixa ou capacete. Ela é dividida em duas categorias: a episódica e a crônica. Estudos epidemiológicos comprovam a presença marcante da primeira, que acomete aproximadamente 87% da população em geral. Durante toda a vida, há prevalência em cerca de 70% dos homens e quase 90% das mulheres. Normalmente, essa dor vem e passa rápido, mas em alguns casos ela pode perdurar por 15 dias, o que significa que algo muito errado está acontecendo.
Uma das causas pode ser a contração da musculatura da face devido à sobrecarga emocional. A pessoa, involuntariamente, ao invés de procurar relaxar, descarrega essa tensão sobre a região da boca por meio do apertamento dos dentes. Isto pode ocorrer tanto de dia quanto de noite (apertamentos silenciosos e não necessamente os conhecidos e ruidosos rangidos de dentes). Se ocorrem à noite podem ser detectados em sua intensidade e tempo de duração pelos exames chamados polissonográficos.
Por isso, a avaliação da disfuncionalidade ortopédica/ortodôntica craniofacial pode ser um dos caminhos para encontrar a resolução do problema.
Entre os diversos tratamentos indicados para a cefaleia – que incluem intervenções médicas, principalmente neurológicas por meio de remédios, como analgésicos -, está a normalização da região dentofacial, tanto morfológica quanto funcionalmente. Ao inibir as parafuncionalidades (funções equivocadas da musculatura), as melhorias no conforto e bem-estar do paciente serão significativas.
Crianças, adultos e adolescentes podem ser afetados pelo desconforto. Como dissemos, muitas vezes pode ser um problema momentâneo, mas, caso o quadro se estenda por um tempo fora do normal, é bom procurar um médico.

Caros amigos, conversei com a Jovem Pan São Paulo recentemente sobre o tema deste artigo. Para escutar a matéria da repórter Simone Manochio, é só clicar no link a seguir. Um abraço.

Cefaleia tensional, companheira indesejada


Responses

  1. Excelente a idéia de abrir um forum
    esclarecimentos sobre as complexas variáveis que envolvem as anomalias dentofaciais, aliadas à disfuncionalidade craniofacial (craniomandibular) e suas consequências morfológicas, disfuncionais e sintomáticas.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: